• A A A

Objectivos de tratamento

Estas são linhas de orientação gerais. O seu

Um médico que se especializa nas doenças do sangue, incluindo os cancros do sangue, como por exemplo a leucemia.

hematologista
ou

Um médico que se especializa no tratamento do cancro.

oncologista
irão determinar metas com base nas contagens de blastos, estadio da

Ver Leucemia mielóide crónica.

LMC
, outras contagens hematológicas, tamanho do baço aquando do diagnóstico, idade e saúde em geral. Fale com o seu hematologista ou oncologista sobre as suas metas, que podem precisar de ser alteradas ao longo do tempo, dependendo de até que ponto o seu tratamento resultou bem. 
Muitas pessoas atingem aquilo a que se chama

Uma diminuição ou desaparecimento dos sinais e sintomas de uma doença, que pode resultar do tratamento eficaz.

remissão
. Isto acontece quando a doença está controlada pelo tratamento. Não desaparece, mas o número de células da

Ver Leucemia mielóide crónica.

LMC
que estão a ser produzidas é suficientemente reduzido para não originar sintomas. Durante a

Uma diminuição ou desaparecimento dos sinais e sintomas de uma doença, que pode resultar do tratamento eficaz.

remissão
, estas células ocorrem em níveis tão baixos que podem não ser detectadas através dos

Uma análise ao sangue que conta o número de glóbulos brancos, glóbulos vermelhos e outros tipos de células que tem no sangue. Geralmente referido como hemograma completo.

testes hematológicos
, citogenéticos e moleculares. Querem-se respostas citogenéticas e moleculares porque em geral garantem o controlo e a estabilidade da doença.
Mesmo que se atinjam as metas do tratamento, os tratamentos dirigidos não podem ser interrompidos porque as células estaminais leucémicas vão continuar a estar presentes na

O tecido mole no interior dos ossos, que produz as células sanguíneas.

medula óssea
. Pode considerar-se a interrupção do tratamento após um longo período de

Um teste concebido para contar o número de transcriptoss do gene BCR-ABL no sangue; é muitas vezes referida como reacção em cadeia da polimerase quantitativa.

testes moleculares
negativos e apenas nos ensaios terapêuticos. 

Aviso de Farmacovigilância Este website não foi concebido e não deve ser utilizado para recolher nem prestar informações de segurança relacionadas com os produtos da Bristol-Myers Squibb. Para notificar um acontecimento adverso a um ou mais medicamentos da Bristol-Myers Squibb, por favor utilize um dos seguintes contactos: Telefone: (+351) 21 440 70 88 E-mail: portugal.medinfo@bms.com. A notificação de acontecimentos adversos pode também ser efetuada através do Portal RAM disponibilizado pelo INFARMED, IP.